Já não estamos lá mas é como se nunca tivéssemos saído

Esta peça sonora surge em resposta a um desafio aparentemente simples: criar uma peça para escutar no lugar. Fazê-lo crescer através da palavra, habitá-lo com novos sons, marcá-lo com uma  história. O lugar escolhido é a Mata do Fontelo, em Viseu. A criação divide-se em três partes e integra “O Lugar de Onde Se Ouve”, um podcast do CRETA – Laboratório de Criação Teatral. Sempre que possível, estes episódios devem escutar-se no lugar para o qual foram criados.

Sinopse

Esta noite, Perséfone vai ter que dormir sozinha, ainda por cima num quarto que não é o dela, recheado de sombras estranhas e ruídos assustadores. Até o peluche que lhe faz companhia não é o seu. E surge na cabeça da pequena Perséfone a grande questão: “Para que serve a noite?”. Armada apenas com coragem e curiosidade, a menina heroína embarca numa viagem emocionante à descoberta dos segredos da noite.
“A noite serve… para caçar pensamentos. A noite serve… para ter saudades.
A noite serve… para contar segredos.”

Episódio 1

Episódio 2

Episódio 3

Ficha Artística

Criação: Mochos no Telhado
Texto e interpretação: Sofia Moura (Ep. 1 e 3),
Dennis Xavier (Ep. 2 e 3)
Desenho de som: Dennis Xavier
Introdução: Ana Seia de Matos (voz); Sérgio Delgado (mistura)
Ilustração: corcoise.net

Pedir dossier


Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google